PARAQUEIRA IN NATURA

Casa de Serra

PARAQUEIRA IN NATURA

Residência do arquiteto autodidata Gerson Castelo Branco e de sua filha, construção premiada e reconhecida emprega materiais locais

Gerson Castelo Branco
Chapada da Ibiapaba, Viçosa, Ceará

Em terreno de 33 hectares e sete cachoeiras, a construção da morada teve início em 1984, empregando materiais regionais, como pedras, carnaúba e talos de babaçu. 

Os espaços inicialmente eram abertos e aos poucos foram sendo fechados.

Estilo paraqueira e os seus característicos telhados. 

A ambientação da morada com quase 40 anos reúne móveis afetivos e artesanais.

Construção de madeira e pedra distingue-se pelas aberturas.

A natureza adentra o interior pelos extensos vãos.

Objetos de artesãos locais estão em profusão pelo local.

Bancos, redes e espreguiçadeiras convidam à contemplação

A madeira também marca presença no mobiliário.

A história perpassa os ambientes e mobiliários.

Entre as peças que decoram a morada do arquiteto, há tapetes por Trapos e Fiapos (@traposefiapos) e Guiomar Marinho; obras de artistas plásticos, como Fátima Campos (@fatimacamposart), Siegbert Franklin e Zé Tarcísio.

Espaços beneficiam-se da claridade e ventilação natural.

As paredes são de pedras e a estrutura é de madeira.

O estilo rústico e artesanal torna os ambientes acolhedores.

A casa está em total sintonia com o entorno.

No segundo piso, distribuem-se estar, jantar, cozinha, mirantes e pátios externos.

O andar inferior é ocupado por home office.

Na estante do escritório, o arquiteto organiza as revistas que mencionam a construção e suas premiações.

Cerâmicas artesanais decoram o jantar.

A iluminação natural movimenta-se pelos espaços internos.

Tramas e treliças revestem as portas em trabalho cuidadoso e genuíno.

Ambientes aconchegantes beneficiam-se do pé-direito alto e dos materiais naturais.

As escadas conduzem à ala íntima.

Quartos são arejados e iluminados. 

Materiais naturais em diferentes texturas para enfatizar o conforto para o repouso.

Valorização das culturas e tradições locais: a ampla presença de objetos feitos à mão e obras de artistas. 

Quartos possuem varanda.

A inclinação do teto acompanha o desenho do telhado.

Os ambientes se comunicam pelos vãos.

Área íntima prima pelo conforto e bem-estar.

A construção está em total sintonia com o entorno.

Redes convidam para o descanso e o relaxamento.

Acomodações para os hóspedes.

Os materiais naturais acompanham as linhas arquitetônicas do estilo paraqueira.

Recantos contemplativos em meio na região serrana entre o Ceará e o Piauí.

Pedra, vidro e madeira presentes na estrutura da morada do arquiteto.

Varanda para apreciar a natureza exuberante do entorno.

Uma das sete cachoeiras que ficam no terreno.

Projeto arquitetônico: Gerson Castelo Branco                            Obras:  Campos (@fatimacamposart), Siegbert Franklin e Zé Tarcísio                                                                                                Tapetes: Trapos e Fiapos (@traposefiapos) e Guiomar Marinho      Localização: Chapada da Ibiapaba, Viçosa, Ceará            Fotógrafo: Darci Bastos (@darcibastos)/Divulgação                      Texto: Janaína Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima