ORIGINALIDADE NO MORAR

Mostra

ORIGINALIDADE NO MORAR

Mostra inovou em novo endereço e apresentou, em mais de 9 mil m², 56 ambientes, entre casas, estúdios e lofts, assinados pelos principais nomes da arquitetura brasileira e jovens talentos

São Paulo, SP
Casa Cor São Paulo

A Gruta por Paco Alvarez (@casaatica) trouxe paredes e forros revestidos de palha de palmeira e mobiliário artesanal.

Ateliê @deca por Leo Romano (@leoromanoarquitetura) estimulou os sentidos em uma imponente estrutura de 400 m² com living e uma ampla sala de banho.

Rooftop pelos paisagistas Catê Poli (@cate_poli_paisagismo) e João Jadão (@joaojadaopaisagismo) brindou os visitantes com um ambiente idealizado para transmitir relaxamento e paz, inspirado em beachclubs rústicos de Tulum, Ibiza, Trancoso.

Casa Tempo por Ticiane Lima (@ticianelima) ressaltou o decor minimalista com contato com a natureza e aconchego.

Casa LG ThinQ por @estudiogutorequena apresentou uma casa conectada, literalmente, com as novas tecnologias, construída a partir de chapas de compensado naval de pinus, usinadas em máquina CNC e montadas somente por encaixes.

Espaço Coral: uma janela para o amanhã por Fernando Brandão (@fernandobrandao_architect) ocupou 200 m² do rooftop para contemplação, por meio do lúdico. Na cobertura, treliças trabalhadas filtram o sol e criam efeitos interessantes de sombras no chão. O paisagismo é assinado por Mônica Costa (@monicacosta_paisagismo) e a luminotécnica por Guinter Parschalk (@guinterparschalk)

Alameda Jardins por Fabiana Freire (@fabianaferre.interiores) explorou texturas naturais, vegetação nativa e mobiliário que abraça.

Casa Alma Duratex por Melina Romano (@mr.melinaromano) instigou as sensações além da estética com o uso de texturas, cores claras e minimalismo. 

Casa Égide por Studio Ro+Ca (@studioroca) trabalhou o conceito de refúgio e abrigo em um ambiente em formato U e móveis orgânicos que abraçam.

Casa Olaria NJ+  NJ+ arquitetos (@nildojose_arquitetura) homenageou a cerâmica. Rasgos orgânicos nas paredes abrigam dezenas de cerâmicas de artistas brasileiros. A construção 100% seca para reaproveitamento dos materiais.

Riserva @todeschini por Debora Aguiar (@deboraaguiararquiteta) distinguiu-se pelo acolhimento proporcionado, refletindo a ideia da casa como lugar cada vez mais protagonista em nossa vida, um refúgio e centro de tudo. Um lar. Em cerca de 250 m², distribuíram-se living, espaço gourmet, suíte com closet, banho e jardim, além do pergolado.

Thebar.com por Ana Paula e Ana Claudia Nonato (@doisaarquitetura) ocupou  300 m² com estilo casual e forma fluida. Destacou-se o uso de elementos naturais e rústicos. No teto, baffles @trisoft fazem a absorção sonora e melhoram a acústica de grandes ambientes.

Banheiro unissex Brasilidade por Elaine Vilela (@elainevilelainteriores) explorou os tons de verde inspirados na Floresta Amazônica e materiais naturais.

Lounge Comandante Rolim Amaro por Arthur Guimarães (@arthurguimaraesarchitects) propôs um lounge de primeira classe para os visitantes “se sentirem em casa”, com salas de estar e jantar, adega climatizada e lavatórios, ambientados com mobiliário contemporâneo, obras de arte, fotografias e tapete.

Restaurante Terraço por Tufi Mousse (@tufimoussearquitetura) explorou a paisagem externa. Pórticos e pergolados estruturados em metal e revestidos com laminado geraram uma geometria que define o espaço e demarca em contornos todo o projeto.

No ambiente A, Dorê Gourmet L’Espace AD por Marcelo Diniz Arquitetos (@marcelodinizarquitetos), a ilha central direcionou todo o projeto. Embutida em sua estrutura, uma mesa oferece duas possibilidades de uso: como prancha de apoio para um receber informal e mesa convencional quando aberta.

Estúdio Liberdade por Pedro Luiz de Marqui (@pedroluiz.demarqui) enfatizou o emocional, o lúdico e o extravagante.

Social House por Léo Shehtman (@leoshehtman) incentivou uma imersão à tecnologia com tons sóbrios e personalidade masculina.

Ateliê de Taipa por Buriti Arquitetura (@buriti.arq) idealizou uma personagem que retomou a paixão pela cerâmica e pintura.

Sans Tache por Matheus Lima (@studio_matheuslima) trouxe peças pontuais com design marcante como o sofá cor-de-rosa de 4m de extensão.

Bella Vita por Alexandre Squassoni (@alexandresquassoni) conferiu destaque à cozinha com o uso de brises que conectam ao exterior, trazendo verde e luz.

Espaço Kairós por Érica Salguero (@ericasalgueroarquitetura) resgatou a qualidade de vida, transmitindo conforto com o uso da madeira e palhas naturais.

Espaço Terra Brasil por Renata Florenzano (@renataflorenzanointeriores) trouxe a brasilidade proveniente da simplicidade dos materiais e da qualidade do design nacional.

Living do apartamento por Paulo Azevedo (@pauloazevedodesign) foi inspirado nos luxuosos imóveis art déco das décadas de 1930 e 1940 e explorou tons terrosos e contrastes, ressaltando a identidade masculina.

Aconchegos Portinari por Trés Arquitetura (@tresarq) foi idealizado para transmitir aconchego e conforto, ressaltando a criatividade e o uso dos produtos cerâmicos.

Meu Verde particular por Kalilferre Paisagismo (@kalilferrepaisagismo) incentivou a contemplação em meio a canteiros, vasos e floreiras.

Simplesmente dourado por Brunete Fraccaroli (@brunetefraccaroliofficial) exaltou o dourado, o sol e a saúde.

Studio Raiz por Andrezza Alencar destacou a memória, o afeto e o design brasileiro.

Casa Å LEVE por Gustavo Martins (@arq_gustavomartins) trouxe referências do decor escandinavo e conectou os visitantes ao bem-estar. Poltrona Tombo por EHLUdesign para @greccoad 

Loft do colecionador po InTown Arquitetura (@intown_arquitetura) teve como ponto de partida obras artísticas e uma curadoria de peças de design nacional.

Sopro Orgânico por Caio Bandeira e Tiago Martins (@architects_mais_co) destacou curvas, texturas e formas irregulares combinados a materiais naturais em um amplo lounge com quarto, closet, banheiro e cozinha.

Loft Zéfiro Dunelli por Patrícia Hagobian (@patriciahagobian) teve mobiliário assinado e amplas janelas  e rasgos no teto para ampliar a sensação de bem-estar, com arejamento e luz.

Living Galeria Perspectiva por Ana Weege (@anaweege) explorou os elementos da natureza e suas formas orgânicas, vibrando energia e bem-estar.

Casa Ninho por SP Estudio (@spestudio) trouxe a aura de leveza e aconchego com muito verde, texturas e curadoria de peças especiais

Eternidade por um fio por Henrique Freneda (@henriquefrendaoficial) ressaltou as formas orgânicas e tons claros.

CasaCor São Paulo (@casacor_oficial)                                                Allianz Parque, São Paulo, SP                                                        Fotógrafo: Sérgio Luiz Jorge (@sergioljorge)                                  Texto: Janaína Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima