MOLDURA VERDE

Paisagismo

MOLDURA VERDE

Palmeiras, arbustos e frutíferas dialogam com a arquitetura da morada

Ana Maria Boverio
Itupeva, SP

A proposta do paisagismo do refúgio com ares da Toscana considerou diversidade de espécies.

A elegância das palmeiras acompanha as linhas arquitetônicas.

Espécies distribuem-se em vasos, canteiros e cercas-vivas.

A composição paisagística definiu linhas de transição entre espaços de circulação, estar e  lazer, proporcionando privacidade e aberturas visuais desejadas.

A variedade de capins ornamentais garante movimento constante ao jardim da casa de campo.

Extenso gramado conduz à área da piscina. As plantas em jardineiras, vasos e canteiros distribuem-se pelo espaço e adicionam cor, aroma, frescor, sombra e movimento.

A borda infinita da piscina cria efeito de continuidade com a paisagem local.

Recanto mais que perfeito com banco da @torabrasil

Inspirador, o local recebeu jabuticabeiras, convidando a desfrutar o visual da piscina e, também, aproveitar as noites de luar com o tacho para fogo, estrategicamente posicionado.

Além dos tons, o paisagismo contemplou portes e texturas na definição das espécies.

Na região da piscina, as espécies de pequeno porte foram eleitas para não provocar sombras indesejadas.

Cenário impactante para desfrutar da área da piscina com borda infinita, raia e prainha.

O paisagismo acompanhou a implantação da casa no terreno.

Enquadramento perfeito da paisagem, sem barreiras.

Da área gourmet, observam-se os elementos que compõem o jardim, como as cercas-vivas, os caminhos desenhados e as jardineiras feitas de pedras para acompanhar o desnível do terreno.

Varandas convocam a bate-papos e usufruir da vista panorâmica.

O jardim está em total sintonia com a paisagem, propiciando momentos incríveis em contato com a natureza.

A proposta paisagística confere privacidade ao lazer da morada.

As espécies foram escolhidas para valorizar ainda mais a vida no campo.

Espreguiçadeiras para aproveitar os dias ensolarados.

Os tons verdejantes combinam-se ao tom terracota da construção com inspiração toscana.

Simetria e alinhamento das espécies enfatizam a arquitetura da casa de campo.

Assista a entrevista completa:

Ana Maria Boverio

Antonio Scarpa

Projeto arquitetônico: Antonio Scarpa (@antonioscarpa_)
Projeto paisagístico: Ana Maria Boverio (@anamaria.boverio)
Localização: Fazenda da Grama, Itupeva, SP
Fotógrafo: Sergio Luiz Jorge (@sergioljorge) /Divulgação
Texto Janaína Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima